fbpx
Sem categoria

PMOC, o que é?

By 29 de setembro de 2019 No Comments

Os equipamentos de ar condicionado estão presentes no nosso dia a dia. Cada vez mais eles se tornam popular e indispensável a sobrevivência humana. Seja para nos manter refrescados devido ao calor, ou para manter determinado espaço em uma temperatura ideal de trabalho (laboratórios, por exemplo).

Contudo nem sempre a manutenção destes equipamentos é realizada de maneira adequada. Uma prova disso são constantes acidentes que presenciamos nos noticiários devido a falhas ocorridas nestes equipamentos que desencadearam em um incêndio.

Para regulamentar e evitar que acidentes como estes ocorram, foi criado o PMOC. O significado destas siglas é: Plano de Manutenção Operação e Controle.

Agora, você sabe o que é ele é, quem pode emitir e quem regulamenta? Se você ainda tem alguma dúvida fique comigo que já vou esclarecer para você!

O que é?

O PMOC é um conjunto de documentos que atestam a qualidade do ar climatizado e que o equipamento está apto a desempenhar suas atividades. Ele passou a ser obrigatório desde 28 de agosto de 1998, quando a portaria N° 3.523 passou a regulamentar esta atividade. Contudo somente em 2018, com a Lei 13.589/2018 ela passou a ser fiscalizada com mais rigorosidade.

Do que é composto

O PMOC é composto de um plano de manutenção periódico específico para ar condicionado, onde estão listadas todas as atividades a serem desempenhadas com sua respectiva periodicidade, podendo ser semanal, mensal, trimestral, dentre outras. De acordo com a indicação do técnico que o criou. Além do plano de manutenção é necessário um laudo laboratorial indicando que o ar local está adequando para utilização humana. Este laudo deve ser realizado a cada seis meses.

Uma via do PMOC deve permanecer no local de instalação do equipamento e o outro com a empresa executante.

Além destes dois documentos deve estar junto ao PMOC a ART (Atestado de Responsabilidade Técnica) emitida e assinada pelo responsável por executar a atividade.

Qual local deve ter um PMOC?

Segundo o art. 1º da Lei 13.589/18, “Todos os edifícios de uso público e coletivo que possuem ambientes de ar interior climatizado artificialmente devem dispor de um Plano de Manutenção, Operação e Controle – PMOC dos respectivos sistemas de climatização, visando à eliminação ou minimização de riscos potenciais à saúde dos ocupantes.”

O responsável técnico pode ser da Engenharia Mecânica (engenheiros, tecnólogos ou técnicos) e a avaliação da qualidade do ar deverá ser realizada por profissionais da Engenharia Química, Engenharia de Segurança do Trabalho ou da Engenharia Sanitária.

Quais informações devem ter no PMOC

Os documentos que formam o PMOC foram descritos anteriormente. Agora, no plano de manutenção devem ser especificadas algumas informações, que são:

  • Dados da contratante (nome, endereço, CNPJ, contato, responsável)
  • Dados da contratada (nome, endereço, CNPJ, contato, responsável)
  • Campo para assinatura dos responsáveis de cada empresa
  • Especificação do equipamento
  • Local onde o equipamento se encontra

PMOC no Melvin

Com o intuito de facilitar a vida de seus clientes, o Melvin já vem com uma configuração específica para a criação do PMOC. Como assim?

Já existe uma listagem de todos os equipamentos (Split, chiller, dentre outros) já com os planos de manutenção indicado para cada um deles. Com isso basta cadastrar o equipamento em uma árvore de ativos, selecionar quando irá começar executar o plano e as OS’s já serão emitidas. Fácil, não é?

Veja como isso é possível cadastrando no teste 14 dias.

A oportunidade para os prestadores de serviços

Muitas empresas não controlam suas manutenções como deveria. Mas porque? Basta pensar em um carro. Mesmo com um selo colado no vidro muitas pessoas não trocam o óleo ou fazer as revisões no período correto. E aí está a oportunidade.

Com um software de manutenção uma empresa pode inserir a periodicidade em que ela quer que a OS de seu cliente seja emitida. Com isso ele pode lembrar seu cliente da manutenção e garantir aquele trabalho. As pessoas muitas vezes perdem os contatos, ou os contratantes podem mudar durante este período… mil coisas podem acontecer. Mas o prestador pode criar ações que aumentem a probabilidade daquela recorrência.

Isso é possível com o Melvin. Existe uma funcionalidade que permite você indicar com quantos dias de antecedência à execução você quer que o software emita aquela OS. Aí é só ligar para o cliente. Ficou fácil, não é?

Falamos sobre isso em um outro artigo nosso. A manutenção em serviços. confere lá!

Esteja sempre dentro da lei

As fiscalizações já estão sendo efetuadas e multas sendo aplicadas. Seja precavido. Tenha todos os controles exigidos por lei e evite uma surpresa desagradável. Como apenas R$29,90/mês já é possível isso.

Tem alguma dúvida? Mande pra gente!!!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eymard Barroso

Author Eymard Barroso

More posts by Eymard Barroso

Leave a Reply

Translate »