fbpx
Sem categoria

5 motivos para acreditar que software de manutenção é para TODAS as empresas      

By 11 de janeiro de 2020 No Comments

Para a grande maioria dos mantenedores é clara a importância de um software de manutenção implantado em uma empresa. Por mais que muitas delas ainda vejam isso como algo fora da realidade devido ao custo e falta de pessoal para operacionalizar, e digo mais, alguns funcionários acreditarem que é uma perda de tempo e mais trabalho para eles, posso te garantir que só existem vantagens em possuir esta ferramenta.

Após implementar um sistema de gerenciamento de manutenção do zero em algumas empresas (muitas empresas não possuem nem controle em planilha) pude perceber alguns paradigmas, ou crenças limitantes, que vou listá-los aqui. Dentre eles vou destacar o maior de todos e mostrar uma solução que pode te ajudar, e muito, neste ano de 2020.

Então fique comigo, serei claro e direto. Vamos?

O Excel não faz tudo para você

 Que o Excel é uma ferramenta muito importante todos nós sabemos. Contudo ela não resolve todos nossos problemas.

Na primeira empresa em que trabalhei (fui contratado para compor uma equipe que iria implementar um sistema de gestão de manutenção do zero) iniciamos com esta ferramenta da Microsoft. Posso listar uma comparação entre as ferramentas:

Planilhas

  • Padronização das atividades

Através dos planos de manutenção você consegue colocar todas as ações em um só lugar e evitando que os colaboradores esqueçam de inspecionar algum item e certifiquem de tudo que precisa ser feito em uma manutenção preventiva.

  • Criar um cadastro de equipamentos

O primeiro passo para criar uma gestão de manutenção é saber o que você precisa gerir. Com o Excel é possível fazer este registro do seu cadastro de equipamentos.

  • Criar instruções de trabalho

Tão importante quanto padronizar o que precisa ser feito é padronizar o como deve ser feito. Isso também é possível com esta ferramenta.

  • Controle de custo

É possível fazer todo o seu controle de custo de manutenção em planilhas.

Agora, irei te mostrar como o bom pode ficar melhor ainda.

Software

  • Funcionalidade do software

Tudo listado acima você consegue realizar em um software.

  • Histórico de manutenção

Já pensou você fazendo uma análise de falhas e procurando isso tudo em um banco de arquivos físicos dos últimos 3 anos? E 5 anos? No software isso se torna simples

  • Emissão de relatório

Os softwares têm a capacidade de cruzar dados e gerar relatórios de custo, execução, ordens executadas com maior facilidade. Foram feitos para isso.

  • Emissão automaticamente de ordens de manutenção

Impossível fazer isso com planilhas.

  • Necessidade de menos Hxh

Quando você tem um software, várias atividades que eram de responsabilidade de um programador de manutenção, ou mesmo planejador de manutenção, são realizadas por ele mesmo. Com isso você possibilita as pessoas envolvidas possam ser direcionadas a outras atividades que agreguem mais valor.

Você tem tempo. Falta priorizar uma implantação

Quando uma empresa tem um mínimo de gestão, fica fácil importar isso para a ferramenta. Contudo algumas realmente não possuem nada. Mas te digo: isso não é motivo para não começar!

Se uma máquina para em uma sexta-feira 16:47 da tarde, com todos seus funcionários indo embora e a empresa já com aquela produção vendida. O que você faz? Dá um jeito. Correto? Porque é uma prioridade.

O problema é que muitas pessoas pensam no trabalho, não benefício que isso vai trazer no final. Crie uma força tarefa, separe a implantação em etapas e distribua as atividades para pessoas estratégicas. Tenho certeza que irá dar certo. Porque além de ter dado certo comigo já vi dando certo com várias outras pessoas.

É possível começar com poucos recursos

Quando iniciei o projeto descrito anteriormente fazia parte de uma equipe de PCM composta por 1 computador e 3 pessoas. O planejador, programador e o engenheiro de manutenção. E detalhe: pegamos emprestada a sala do supervisor de manutenção, profissional competente e experiente, que não concordava com o que estávamos fazendo.

Nesta época ainda fizemos tudo pelo Excel. Após demonstrar resultados com o pouco recurso que tínhamos a empresa nos forneceu verba para construir a sala do planejamento e adquirir o software de manutenção.

Comece com o que tem, mostre resultados e os recursos virão.

Gere sua demanda na área de serviços

Uma vez levei meu carro para dar manutenção em uma oficina. Tempos depois esta oficina me ligou para informar que estava na hora de voltar. Percebi que era verdade, agendei um horário e fui. O que esta oficina fez? Gerou sua demanda!

O funcionário da oficina somente me ligou porque possui um software que lembra ele sempre que está chegando o momento de seus clientes voltarem. Se não tivessem entrado em contato existia uma grande possibilidade de eu esquecer, ele não poder me atender quando eu precisasse e como resultado buscaria outra pessoa.

Isso acontece não só com oficinas mecânicas. Mas ar condicionado, reparo em válvulas, inspeção de caldeiras, manutenções preditivas e por aí vai… toda modalidade de serviços.

Se você é prestador de manutenção na área de serviços fique atento. Um software pode te ajudar a gerar sua demanda de trabalho e fidelizar clientes.

Um software pode ser mais barato que você imagina

O Melvin nasceu por este motivo, mas antes de falar sobre ele, vou te falar algo.

Você vai comprar um carro em uma concessionária e constata que um dos carros que deseja custa R$100.000,00 e o outro custa R$50.000,00. Então se aproxima do vendedor e pergunta porque um custa o dobro do outro. O mais barato é um carro básico com segurança média. O segundo possui 8 air bags, tem estabilidade nas curvas e foi considerado o mais seguro da categoria. Para você, que possui família, este carro soa caro? Por mais que um seja o dobro do valor do outro acredito que a resposta é unânime.

Mas por que a resposta é essa? Por que pagar mais caro? Valor. Um tem preço, o outro valor.

O grande problema é que nós que estamos no campo de batalha nem sempre conseguimos passar aos nossos superiores o valor que aquela ferramenta terá em nosso dia a dia. Quando não se ver o valor o mais barato vence. Ou nenhum…

Mas mesmo assim você pode estar se perguntando: Ok, minha empresa entende o valor de um software. Porém eles realmente são caros. Posso te dizer que não mais…

Simples, fácil, intuitivo e … menor custo!

Após mais de uma década trabalhando com manutenção em várias empresas de tamanhos e segmentos diferentes, percebemos que realmente uma dor latente era o custo de um software de manutenção. Por mais que uma empresa entendesse sua importância, muitas vezes ela não conseguia bancar um.

O Melvin surgiu com o seguinte intuito: tornar a gestão de manutenção simples, fácil, e intuitiva com valores acessíveis à todas as empresas. Mas como? Possuindo funcionalidades que básicas e outras que nenhuma outra ferramenta tem. Por exemplo:

  • Dashboard de indicadores de manutenção com atualização em tempo real
  • Cadastro de equipamentos
  • Ordens preventivas geradas automaticamente
  • Análise de criticidade dos equipamentos
  • QR Code para acesso remoto com aplicativo
  • Emissão de relatórios
  • Programação semanal realizada dentro da ferramenta
  • Ambiente tão simples de operar como é o Facebook
  • Plataforma WEB
  • Sem custo de instalação, treinamento e manutenção
  • Preços fixos e sem fidelidade

Listei essas vantagens pelo seguinte (claro que iria em algum momento falar da nossa ferramenta!): hoje é possível ter um software de manutenção com custo simbólico quando comparado a outras empresas do mercado. Isso é uma realidade.

Hoje você pode utilizar qualquer argumento para não ter um software de manutenção. Exceto custo!

Saia das planilhas e venha para Indústria 4.0!

Os softwares de manutenção não foram criados pela Indústria 4.0. Pelo contrário, já são um recurso bem antigo. Contudo a grande maioria esmagadora das ferramentas que estão surgindo com esta realidade precisará de um software de manutenção.

Será preciso de um software para registrar os dados, emitir ordens automaticamente, avaliar os dados em tempo real e por aí vai, cruzar as informações entre bancos de dados, fazer análises de preditivas em tempo real, blockchain…

Se eu pudesse dar uma dica a você, seria: busque uma maneira de implantar um software em sua empresa, seja ele qual for. Já tem? Ótimo! Explore ele e use de maneira adequada. Não tem? Encontre uma maneira de mostrar à sua empresa os valores que este recurso tem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Igor Silveira

Author Igor Silveira

More posts by Igor Silveira

Leave a Reply

Translate »