fbpx
PCM

3 ações que irão te ajudar a controlar o custo de manutenção

By 18 de agosto de 2019 No Comments

O custo de manutenção é um dos indicadores mais importantes do setor. Toda empresa possui um orçamento anual e precisa cumpri-lo no final do período vigente.

O grande problema é que entre orçar e o cumprir existe um abismo muito grande. Mas eu vim aqui para te dar uma notícia boa: sabia que é possível manter o custo dentro do orçado com apenas algumas ações?  Vão aí 3 dicas que vão te ajudar!

Ação 1: Invista em preventiva

Já é algo comprovado: a manutenção corretiva é pelo menos 2x mais cara que a preventiva. Investir em manutenção preventiva não é luxo. Deve ser uma prioridade!

A manutenção corretiva é cara porque existe o custo de não produção, as vezes o material não está na companhia, quando compra de última hora não há cotação, o que encarece os materiais e serviços… ou seja, além de parar de produzir você paga mais caro para colocar o equipamento para rodar.

Tenha uma equipe, pequena que seja, que possa trabalhar na identificação previa das anomalias. Com isso você garantirá um trabalho mais preventivo e o controle dos seus custos também.

Ação 2: Faça o controle semanal dos seus custos

Reuniões semanais para identificar o quanto foi gasto vai te ajudar a ter um controle maior do custo.

Muitas pessoas vão dizer que não tem tempo, que é loucura fazer isso. Mas vamos lá, pense comigo: quanto mais tempo você demora para anotar e fazer o controle, mais as informações ficam perdidas pelo caminho. Muitas empresas não se preocupam com a coleta periódica dos dados. Quando você faz isso na primeira semana, você já saberá se por algum motivo ou outro está com sua meta semanal dentro. Ou não. Se estiver, está tudo bem. Se não, você precisará segurar um pouco mais nas próximas semanas para não extrapolar o do mês.

Se o controle não é feito semanal, você pode descobrir que haverá um furo só no final do mês. Já pode ser tarde demais….

Ação 3: Foque no controle dos materiais e serviços

O custo de uma empresa é basicamente composto por materiais, serviços e pessoal. Pessoal normalmente é fixo. Com um ano de antecedência você identifica novas contratações, treinamentos, dentre outros itens, e assim possui um custo estável.

Então foque no controle do custo de materiais e serviços. Normalmente este custo está com os planejadores. Crie uma planilha no Excel que tenha todas as informações que você precisa para controlar este custo. Coloque todos os materiais, desde um parafuso até componentes mais caros. Alimente ela semanalmente e você verá como o seu desvio entre orçado e planejado será mínimo.

Mas eu não tenho um planejador que faça isso. Consigo controlar? A reposta é sim. Basta solicitar uma pessoa que trabalha com a solicitação de materiais e serviços para preencher esta planilha semanalmente.

Agora, preciso te dar um aviso: se você hoje não possui em seu quadro de funcionários um planejador de manutenção, isso significa que seu índice de preventiva está bem baixo. Isso nos leva a concluir que está com alto índice de corretiva e pouca previsibilidade sobre seu custo. Então cuidado! Controle seu custo, mas não esqueça do seu organograma. A causa de um custo estourado pode estar relacionada com outras coisas que não seja necessariamente o controle dele. Vale sentar e avaliar…

Conte pra gente o que achou deste artigo comentando aqui embaixo.

Abraço!

Igor Silveira

Author Igor Silveira

More posts by Igor Silveira

Leave a Reply

Translate »